Lembra…

..daquele projeto? Pois é, tá no ar. Mais que um site, é uma plataforma de vídeos completamente integrada com todos os outros sistemas do portal. O site é apenas um catálogo de vídeos, o projeto GloboVideos 4.2 não era sobre site, era sobre disponibilizar serviços.

video.globo.com

Aconteceu de tudo neste projeto. O gerente responsável foi promovido e saiu do setor, o gerente de projetos foi pra outro projeto, não existia escopo definido, o analista responsável foi para o Japão treinar Aikido, tivemos que criar um framework porque nada no mercado faz o que precisamos, introduzimos uma plataforma de serviços, servidores novos, ambientes novos, enfrentamos um processo burocrático, frameworks e bibliotecas novos, migração de Oracle 8i para 10g, introdução da agilidade e até mesmo minha recente decisão em sair do Brasil.

Dadas as pessoas dedicadas e profissionais que temos eu tenho certeza que conseguiríamos entregar tudo. Já fizemos outras vezes. Mas só com um processo ágil conseguimos fazer com que o usuário saiba exatamente o que esperar deste projeto, eles já alteraram muita coisa no decorrer de todos os nossos 5 releases. E só com processos ágeis que uma janela de mudança de um site que costuma levar quase meio dia levou menos de uma hora.

Ainda temos muitos ajustes a fazer no sistema e no processo mas progredimos muito. Fico feliz de encerrar minha carreira global integrando um time de sucesso.

Parabéns a todos nós.

7 Responses to “Lembra…”

  1. Bruno says:

    Uhu, first comment! Parabéns a toda equipe, um case de sucesso e porque não dizer perseverança, vai ajudar muita gente a convencer o alto escalão de que metodologias ágeis de fato funciona.

    Um abraço mermao.

  2. Harlley says:

    Porque um site novo sobre vídeos ainda deixa os usuários de Linux de fora? Não pensaram em usar flash, como no Youtube?

  3. pcalcado says:

    Harlley os usuários de Linux não estão de fora, basta usar os plugins do MPlayer ou Totem. Nós utilizamos Linux nos nossos desktops ;)

  4. j++ says:

    Exatamente isso que eu ia comentar. O dois maiores site de vídeos do mundo usam flash (youtube, google videos) desde quando eram de donos separados. Porque a Globo decidiu seguir outro caminho e usar tecnologia Microsoft? Existe um motivo logico? Ou só $$$ da M$ mesmo?
    Por default não funciona no linux nem no firefox, pra conseguir fazer funcionar a gentem tem que ficar fazendo mil gambiarras, já que mesmo pagando o globo.com não há suporte a coisas diferentes de windows / ie.
    Nem uma lista dizendo instale MPlayer ou Totem… Ou faça tal coisa no firefox… Usuário leigo não consegue usar, simplesmente isso…
    To dizendo isso porque no meu Firefox no windows não funciona mais (já funcionou uma vez nem sei como) e já vi muita gente passando raiva com isso.

  5. j++ says:

    para ter uma idéia no firefox existe um teste da globo antes de ver o video que diz q eu tenho q instalar o media player mais recente, mas o meu já é o mais novo…

    assim, o projeto é bacana mas acho que falta olhar mais quais tecnologias são utilizadas mundialmente nessa área e não fazer algo totalmente diferente no padrão microsoft…

  6. pcalcado says:

    @j++

    GNU/Linux não é oficialmente suportado mas funciona (como acontece na grande maioria de sites ou mesmo de hardware que você compre). Se você não tem totem ou MPlayer instalado na sua máquina não vai ter como ver qualquer vídeo que não sejam flash. O firefox no Windows possui WMP instalado sem qualquer configuração, então imagino que o problema seja outro.

    Aconselho a você ligar para seu suporte e perguntar isso, aqui não é central do assinante ;)

  7. Ainda precisamos melhorar muito mas acredito piamente que estamos no caminho certo!

    Parabéns pra nós :) Precisamos [come|bebe]morar!!!!!!